CAPA DE CONFRARIA

Um grupo de amigos pediram-me para fazer esta capa de confraria. Como o pedido foi de uma pessoa da família lá tive que fazer.

CAPA DE CONFRARIA

Não foi fácil este trabalho diga-se de passagem porque volume e peso do tecido exigem esforço. As confrarias surgiram na idade média. Existem dois tipos principais de confraria, as irmandades (corporações de artes e ofícios) e as ordens terceiras (ordens religiosas). Têm como objectivo o levantamento a promoção e a investigação do património regional português (gastronómico, religioso e outros), sem contudo se opor á evolução do mesmo. São normalmente constituídas por grupos de amigos ou vizinhos que se associam em nome da mesma causa. O desafio que me foi proposto foi criar uma capa para uma confraria gastronómica Mogadourense que tem como objectivo principal a promoção de uma iguaria que muito aprecio.

CAPA DE CONFRARIA

PASSO A PASSO MOLDE DE CAPA
Aproveitamos a largura do tecido e marcamos a altura total e arredondamos.
Desenhamos o decote de acordo com a medida desejada e se necessário fazemos umas pinças/pence para se ajustar melhor aos ombros.
Seguidamente desenhamos a gola e a sobre-capa de modo que a medida seja igual à parte de baixo.

E assim obtemos uma bela capa de confraria que provavelmente irá atravessar gerações assim eu espero. A causa é nobre e visa promover uma região rica em tradições.

Partilhar

Deixe aqui o seu comentário

Translate »