PONTOS DE COSTURA FEITOS À MÃO

Se está a dar os primeiros passos na costura os pontos de costura feitos à mão são importantes e essenciais. Com o decorrer do tempo deparamos com modelos que exigem este tipo de trabalho.

Pontos de costura feitos à mão com gráfico

Tome atenção ao processo que exemplifico nesta publicação. Eles são muito úteis quando passar à prática porque cada um deles tem uma função diferente.

Gráficos que ensinam a fazer os pontos de costura à mão.

PONTO DE ALINHAVO – Este ponto é o mais usado para unir os tecidos em costura temporária. Depois leva à máquina. Consiste em fazer uma linha tracejada com espaçamentos iguais por forma a segurar os tecidos.

PONTO CORRIDO – É como o alinhavo, mas com um espaçamento bem menor das linhas tracejadas. Ajuda quando estamos a coser na máquina e rebenta a linha e temos de emendar o fio.

PONTO ATRÁS – É um ponto de costura bem forte, usado para refazer costuras desfeitas. Comece por trazer a agulha do nó para o ponto 1. Insira a agulha no tecido no ponto 2 e por trás traga para o ponto 3. Volte atrás para o ponto 4  e recomece o movimento passando a agulha por trás do tecido.

PONTO LUVA – É usado para segurar as extremidades dos tecidos que têm a tendência de desfiar. Este ponto em linguagem corrente chamamos chuleio. Os pontos são feitos na diagonal, de modo a pegar 3 ou 4 fios do tecido que pretendemos proteger. O espaçamento é curto e uniforme.

PONTO INVISÍVEL – Feito com uma costura bem baixa. Usa-se para unir duas bordas dobradas de tecido ou uma borda dobrada e uma bainha. E ainda para dar pontos finais em peças de artesanato. Devemos passar as dobras a ferro e esconder o nó na parte dobrada. Trazemos a agulha para a frente, pegamos poucos fios de tecido e retornamos para dentro da dobra. Voltamos com a agulha para fora e repetimos sucessivamente. A costura não deve aparecer pelo lado de fora, e os pontos maiores ficam do lado do avesso.

PONTO CRUZADO/BRUXA – É um ponto forte, não só é usado na alta-costura como também na alfaiataria. É essencial para fazer bainhas, pregar telas etc. Ao usar este ponto nas bainhas evita o chuleio. Comece por trazer a agulha do nó para o ponto um. Insira a agulha no tecido no ponto 2 na parte superior e volte para o ponto 3 na parte inferior. Volte à parte superior para o ponto 4 e assim sucessivamente.

Partilhar

Deixe aqui o seu comentário

Translate »